Bem casado: Tudo sobre o doce mais querido da festa

Uma boa festa de casamento não pode ficar sem aquela lembrancinha mais esperada pelos convidados. Sabe qual é? Isso mesmo: o famoso e saboroso bem casado. Trata-se de um mimo importante e que de jeito nenhum pode ser deixado de lado no grande dia!

Ao ler o nosso post da vez, você ficará por dentro de tudo o que precisa conhecer sobre o doce mais querido da festa: sua origem, de que é feito e até mesmo como embalar. Continue a leitura do post e saiba como acertar na escolha desse doce!

Qual a origem do bem casado?

O bem casado é um doce vindo de Portugal, que chegou às nossas terras exatamente por termos sido uma colônia dos lusitanos. A versão original é feita em pão de ló com recheio de baba de moça, uma receita considerada mais densa do que aquela que é conhecida pelos brasileiros de hoje em dia. Mas é certo dizer que a ascendência do doce vem de ainda mais longe: dos alfajores árabes.

Com o passar o tempo, o bem casado passou a ser introduzido nos casamentos, representando a união entre os nubentes. Os noivos seriam o pão de ló, enquanto o casamento é simbolizado pelo recheio. Há quem diga que quem recebe o doce dos noivos é abençoado com a felicidade do casal e deve fazer um pedido antes da primeira mordida, de maneira que a mesma felicidade recaia sobre si e sobre os dois.

De que ele é feito tradicionalmente e quais as variações de recheio?

Aqui no Brasil, ainda que a receita siga o tradicional pão de ló, o nosso bem casado é mais fofinho e mais doce, enquanto a versão portuguesa é feita à base de água. Os recheios já apresentaram diversas variações, com a baba de moça feita com leite condensado e creme de leite. Contudo, é comum que o recheio mais tradicional seja substituído pelo delicioso doce de leite.

Também é possível encontrar outros tipos de recheios, como os de brigadeiro (preto e branco), nozes, pistache, creme de avelã até mesmo mais elaborados, como maçã, canela e churros. Pode apostar que os convidados adoram as variações!

Algumas receitas também apresentam variações na massa feita de pão de ló, que pode receber um toque de canela ou mesmo o sabor tão amado do chocolate.

Que embalagens posso usar para um casamento?

A apresentação do bem casado faz toda a diferença em um casamento, e por isso é importante pensar muito bem em como fazê-la. Lembre-se que toda a decoração de sua mesa (incluindo as lembrancinhas) deve “conversar” com o estilo e com a decoração que você deseja para a festa.

Pense primeiramente na paleta de cores do casamento para escolher os papeis que embalam o doce. As festas mais tradicionais costumam amarrar o papel com uma fita de cetim.

Os papéis poderão ser estampados, trazendo um toque floral com desenhos românticos e podem ser utilizadas até mesmo pedrinhas de strass.

Caprichando na embalagem, seus bem casados serão um complemento maravilhoso dos demais elementos decorativos do evento mais importante de sua vida.